Piquenique, uma festa ao ar livre - Arroz de Festa Buffet
Dica - 18/09/2012

Piquenique, uma festa ao ar livre

Com a chegada da primavera nada melhor do que um bom piquenique. O Arroz de Festa dá algumas dicas para que o seu passeio seja perfeito.

Alexandre Cymes

Picnic

Preparo

Planejar bem o seu piquenique garante que você e seus convidados tenham uma experiência maravilhosa. Para ajudar o Arroz de Festa preparou algumas dicas para que o seu passeio seja um sucesso.

Tudo começa conferindo se não falta nada na cesta, mas tem muitas outras coisas que garantem um piquenique perfeito. Por exemplo saca-rolha, abridor de garrafa, uma tábua de corte pequena e uma faca afiada. Um isopor pequeno com gelo mantém suas bebidas e alimentos fresquinhos. Evite materiais descartáveis para diminuir o lixo, sempre é bom preservar a natureza. Utilize pratos e copos de plástico ou acrílico e os talheres podem ser de metal mesmo.

Outra coisa importante é o repelente, na falta dele o passeio pode se transformar em um transtorno. Não se esqueça do protetor solar e é bom ter uma lanterna, às vezes esquecemos de tudo quando estamos nos divertindo e de de repente já está escurecendo. Hoje em dia a previsão do tempo é bastante precisa, mas não custa nada  levar uma capa de chuva ou uma blusa leve, caso o tempo mude repentinamente.

Mais uma coisa, lembre-se de que você vai ter que carregar tudo na ida e na volta, inclusive o lixo, para ele leve um saco reforçado.

Atividades

Comer as delícias que você preparou é o ponto alto de qualquer piquenique, mas você também pode programar jogos para se divertir e passar o tempo. Um baralho é fácil de carregar, frisbee, raquetes de frescobol e uma bola também são boas opções. Um violão pode ser uma gostosa pedida.

Se houver crianças, livros de colorir e lápis de cor são ótimos para entretê-los quando estiverem cansados de correr de brincar. Uma câmera fotográfica é fundamental para registrar esse momento e depois lembrar o quanto você aproveitou.

Comidas e Bebidas

A palavra “pique-nique” aparece pela primeira vez em 1692 no livro Origines de la Langue Française de Tony Willis. O termo foi usado para descrever um grupo de pessoas em um restaurante que trouxeram o seu próprio vinho. O conceito de um piquenique muito tempo manteve a conotação de uma refeição na qual todos contribuíam com algo, por isso, nesse espírito, cada amigo pode trazer o seu prato favorito para compartilhar. Pode ser um frango de televisão, um sanduíche bacana, uma salada feita com macarrão, um bom queijo, pães, biscoitos, bolos, frutas frescas ou secas. Evite maionese e outros alimentos que podem estragar ao sol.

Para se refrescar recomendamos levar um chá gelado aromatizado, suco de frutas, água e, se não tiver que caminhar muito, pode ser um vinho leve, um espumante gelado ou a tradicional cervejinha que cai muito bem.

No próximo post vamos dar algumas receitas para incrementar o seu piquenique, não percam.

www.arrozdefesta.com.br

Ceia de Natal
  • Carol Haigh

    Eba, estou esperando as receitas de pic-nic! A festinha da minha filha vai ser no Jardim Botânico, dia 20 de outubro, um pic-nic para a família! O que vc sugere?
    bjs

Menu